Comunicação e Direitos Humanos

A Comunicação é um Direito Humano fundamental.  Fotografia é comunicação. Todas as pessoas tem o direito de exercer a comunicação. Qualquer ser humano tem o direito de buscar a informação que deseja saber e de usar qualquer meio para divulgá-la. Isso, aliás, é o que diz o artigo décimo-nono da Declaração Universal dos Direitos dos Homens. Esse direito deve ser somado ao direito de todos receberem qualquer informação produzida. Mas a informação é produzida por quem e defendendo que interesses ?

Estamos diante de dois direitos: O direito legítimo do jornalista informar e o direito universal e individual de todas as pessoas buscarem a informação que desejam e divulgá-la. Um direito não pode ser sensor do outro. Os jornalistas não devem ser censurados e nem devem censurar. Toda essa questão cresce quando vários segmentos da sociedade se sentem feridos e sofrem com a informação produzida pelos meios oficiais.

Em fotografia tem uma coisa muito clara. Se as pessoas não viram não existe e, portanto, se não é mostrado, não é conhecido, não faz parte do conteúdo de informações que forma o senso crítico coletivo. Isso acontece com o belo, com a dignidade e com as realizações dos segmentos com menor poder aquisitivo.

No mais das vezes a beleza dessas pessoas é proibida de ser mostrada, ser conhecida. Por exemplo: fabricamos uma violência sobre os moradores das favelas que são constantemente confundidos no imaginário da classe média com pessoas que geram violência. É construído então uma violência enorme com a informação que soma a outras forças violentas no Rio de Janeiro como o Estado.

A vítima é o morador das favelas.

Ocorre muito parecido com os trabalhadores rurais, principalmente se pertencerem ao MST, com os quilombolas e com os índios.

Hoje, tão importante quanto denunciar é mostrar a beleza das populações que sofrem esse enorme processo de censura, de exclusão visual de sua beleza e portanto, de segregação, de estigmatização através da violência, de marginalização e de criminalização.